A calvície é um mal que tem atingido muitas pessoas nos últimos anos. As vítimas são na maioria homens, a partir dos trinta anos de idade, mas a calvície também atinge mulheres e pode aparecer mesmo antes dessa idade. As causas da calvície são variadas, podendo ter origem na herança genética, o que é mais comum entre os homens; em distúrbios hormonais, mais recorrentes nas mulheres; e em deficiências nutricionais, nesse caso podendo atingir tanto homens quanto mulheres, em qualquer idade da vida. O combate à calvície deve ser feito com suplementos naturais, como é o caso do Viva Hair, que combate a calvície da raíz até as pontas

Como a alimentação influencia na calvície

O nosso corpo é um sistema interligado que é abastecido, basicamente pela energia gerada pelos alimentos que ingerimos. Quando comemos alguma coisa, o corpo filtra os nutrientes dos alimentos e os aloca nas partes do corpo que mais necessitam deles. Os cabelos, como qualquer outra parte do corpo, também precisam de Viva Hair para obter esses nutroentes, esses nutrientes, para que possam crescer firmes, fortes e bonitos. Veja no link a seguir onde comprar Viva Hair para retomar o crescimento dos seus fios.

Nesse sentido, há alguns nutrientes que devem ser ingeridos com regularidade por quem quer minimizar os efeitos da calvície. Por isso é importante manter uma dieta equilibrada com a ingestão constante de proteína (80% da composição dos fios capilares), ferro, zinco, vitamina A, silício, complexo B e ômega 6.

De acordo com pesquisadores e especialistas, a principal maneira de evitar e combater a calvície é fazendo uma alimentação correta e equilibrada. Como qualquer outra parte do nosso corpo, tendo uma alimentação saudável fica muito mais dificil de pegar alguma doença e desenvolver a calvície.

No suplemento Viva Hair por exemplo, é ensinado como reverter a calvície em poucas semanas apenas mudando os hábitos alimentares.

Alimentos que devem ser evitados

Da mesma maneira que os nutrientes influenciam positivamente, outros atuam de forma a aumentar os danos causados pela calvície. Dentre eles podemos destacar, como proibidos para os calvos ou possíveis calvos os seguintes:

Farinha: deve ser consumida em menor quantidade porque diminui a absorção de ferro pelo organismo. O mesmo pensamento vale pros alimentos ricos em cálcio, que agem da mesma maneira.

Carne vermelha: Você não deve cortar a carne do seu cardápio, pois ela é uma importante fonte de ferro, mas diminua as porções e corte as muito gordurosas.

Gordura saturada: Segue-se o mesmo raciocínio relativo às carnes muito gordurosas. È bom evitar a ingestão de manteiga e queijos, isso porque a gordura em excesso tente a fazer com que o couro cabeludo fique mais oleoso, o que contribui e muito para a acentuação da queda capilar.

Veja o que o Dr. Arthur Tykocinski fala sobre a calvície: